Está a ler o arquivo 2005-2009 do Beijós XXI. A partir de 2010, o blogue passou a ser publicado no endereço http://beijozxxi.blogspot.com

quarta-feira, 15 de março de 2006

Poesia de Guerra - 7, José Pais dos Santos

Poesia de guerra – 7
Transcrição
Referente a 13MAR2006

Mote

Se a guerra continuar
Nenhum de nós fica bem
Perdemos todos os carinhos
Que temos por pai e mãe...


Só quem nos pode valer
Ó meu Deus omnipotente
Livrai toda a gente
Daqui na França morrer
Eu quase me quer parecer
Que de luto vão a ficar
Muita gente há-de chorar
Coimbra, Figueira e Lisboa
Morre aqui muita pessoa,
Se a guerra continuar.


Eu despedi-me de Portugal
Com as mãos nas algibeiras
Os meus olhos eram beiras
Que nunca tinham final
O caso era mortal
De eu vir metido no trem
Despedi-me de minha mãe
Um empenhamento em vida
É triste a nossa saída
Nenhum de nós fica bem.


Preparam-se 4 maqueiros
Para na maca me levar.
Ali se puseram a marchar
Para os socorros primeiros
Logo um cabo enfermeiro
Fez-me logo o curativo
Para fronte dum abrigo
O médico me observar
Para o hospital me mandou
Deu-me um estilhaço na testa


Reconduziram-me ao hospital
Naquele que transporta os feridos
Junto de mim ia um evadido
Tendo sido prisioneiro
Sendo sapador mineiro
Usava a mania da prevenção
Coitado do Alemão
Que ficou sem vida
Depois de a ter perdida
Fiquei estendido no chão.
fim

Reservados todos os direitos, proibida qualquer utilização comercial sem autorização do proprietário.



Link's:
Poesia (original) - 7 .................. 13 MAR2006
Poesia (transcrição) - 6 ............ 08MAR2006
Poesia (original) - 6 .... ............. 06MAR2006
Poesia (transcrição) - 5 ............. 01MAR2006
Poesia (original) - 5 .................. 27 FEV2006
Poesia (transcrição) - 4 ............. 22FEV2006
Poesia (original) - 4 .................. 20FEV2006
Poesia (transcrição) - 3 ............. 15FEV2006
Poesia (original) - 3 ................... 13FEV2006
Poesia (transcrição) - 2 ............. 08FEV2006
Poesia (original) - 2 .................. 07FEV2006
Poesia (transcrição) - 1 ............. 01FEV2006
Poesia (original) - 1 .................. 30JAN2006


*-------*-------*
:::::::::::::::::::::::::::::::::::::
Contactos: Carregal do Sal - Beijós
:::::::::::::::::::::::::::::::::::::

9 Beijos:

António disse...

- Prevemos que Sexta-feira o Beijós XXI ultrapasse o inimaginável número de 6 000 visitantes.
- Como é tradição festejaremos o facto com os amigos, pelas 22H00, no sítio do costume;
- Quem quizer beber é só escolher na sua garrafeira;
- A chamada é feita, como hábito, pelas 21H45.
- Estão todos convidados para, o mais fantástico dos brindes on_line.

António disse...

Sexta, 17 de Março de 2006.

borboleta disse...

Puxa, tantos? cheguei mesmo atrasada. Só é pena a essa hora não ter acesso ao computador mas vou tentar.

beijokense disse...

ó António, eu creio que a tua previsão não bate certo. É melhor preparar a festa AMANHÃ, 5ª-feira

roger.a disse...

o melhor é mesmo preparar dois brindes, a 16, dia dos 6K, e a 17 para que os festejos tenham o maior nº.de participantes

António disse...

Não há dúvidas.
O dia dos festejos da passagem da magnifica barreira dos 6 000 visitantes tem que ser amanhã, dia 16 de Março de 2006.
Por este facto,
Como é tradição festejaremos com os amigos, pelas 22H00, no sítio do costume;
- Quem quizer beber é só escolher na sua garrafeira;
- A chamada é feita, como hábito, pelas 21H45.
- Estão todos convidados para, o mais fantástico dos brindes on_line.
Apareçam, beijosenses e afins, vizinhos e amigos.
até amanhã.

borboleta disse...

Parabens por tão elevado número de participantes neste blog. Nunca pensei que uma aldeia "perdida" entre serras elevasse tão alto e longe o seu nome!

anónima disse...

Nem eu!

Borboleta disse...

Tentarei estar convosco logo à noite.Até já comprei um pequeno bolo para acompanhar a bebida neste memoravel aniversário.Se não puder estar on-line como e bebo à mesma!

Enviar um comentário