Está a ler o arquivo 2005-2009 do Beijós XXI. A partir de 2010, o blogue passou a ser publicado no endereço http://beijozxxi.blogspot.com

quarta-feira, 8 de março de 2006

Poesia de Guerra - 6, José Pais dos Santos

Poesia de guerra – 6
Transcrição
referente a 06MAR2006

(...) cont.


Num Combate que se deu
A artilharia pesada
Vi cair uma granada
E matou um camarada meu
E depois o que fiz eu
Arrastei-o para o abrigo
Vi que era meu amigo
Assim morreu um desgraçado
Mas vi, por um ladrão mandado
Vejo-me em guerra metido


Em pleno século das luzes
Digo com muita razão
Onde se semeava o pão
Hoje vejo colocadas cruzes
A metralha que conduzes
Tudo isso aborreço
Repugna-me contra-senso
Em me ver tão desgraçado
Ao Afonso Costa agradeço.

Fim
J. Pais dos Santos


Ordem do mesmo H. B.

Que se transcreva o Artigo nº 16-A do E. G. C. Nº 144 de 29 do 5 – 1918, al. c), aos militares que vão para Portugal no gozo de licença da Junta por motivo de ferimento em combates ou gazeados e aos de doença adquiridas nas trincheiras, ou nos serviços das mesmas trincheiras, serão mantidos os vencimentos de subvenção de campanha e ração a dinheiro, durante o período máximo de 60 dias de licença.
Al. a) aos militares que forem para Portugal gozar licença da Junta, ou por outros motivos quaisquer, tira direito a subvenção de campanha e ração a dinheiro durante o período máximo de 30 dias de licença.


UM SOLDADO FERIDO DE ARTILHARIA nº7

Mote
No dia 15 de Setembro,
Eu fui ferido na posição...
Deu-me um estilhaço na testa,
Fiquei estendido no chão...


Quando a Infantaria sofreu um choque
Artilheiro se preparava
O inimigo nos atacava
Com granada de percussão
O fogo do alemão
Ao longe nos atingia
Logo escolheram o dia
Para que eu fosse ferido
Foi bem perto do abrigo
No dia 15 de Setembro...


Pelas 7 horas da manhã
Toda a terra estremecia
Logo ao claro do dia
Infantaria a pedir socorro
Eu desta ainda não morro
Deus me háde ajudar
Onde quer que eu esteja
Sempre me hei-de lembrar
Para eu mais tarde contar
Eu fui ferido na posição...

Cont. (...)

Reservados todos os direitos, proibida qualquer utilização comercial sem autorização do proprietário.

Link's:
Poesia (original) - 6 * 06MAR2006
Poesia (transcrição) - 5 * 01MAR2006
Poesia (original) - 5 * 27 FEV2006
Poesia (transcrição) - 4 *22FEV2006
Poesia (original) - 4 * 20FEV2006
Poesia (transcrição) - 3 * 15FEV2006
Poesia (original) - 3 * 13FEV2006
Poesia (transcrição) - 2 * 08FEV2006
Poesia (original) - 2 * 07FEV2006
Poesia (transcrição) - 1 * 01FEV2006
Poesia (original) - 1 * 30JAN2006

2 Beijos:

pintarolas disse...

Eu não sabia que o José Pais dos Santos tinha sido ferido em França As voltas que o mundo dá, para voltarmos a saber, isto de ferir deve ser de familia Vadio e pores isto em livro.

Micas10 disse...

Grande homem, que foi ferido e ainda fez versos !

Enviar um comentário