Está a ler o arquivo 2005-2009 do Beijós XXI. A partir de 2010, o blogue passou a ser publicado no endereço http://beijozxxi.blogspot.com

sexta-feira, 15 de dezembro de 2006

«O Pai dos Judeus»

Na Agência Ecclesia foi notícia.


«Há 40 anos, a 1 de Dezembro de 1966, o padre capuhinho francês, Pierre-Marie Benoît, recebeu o título de “Justo entre as Nações” por ter salvo uns 4.000 judeus dos campos nazis de extermínio. Os seus Irmãos Capuchinhos portugueses irão evocá-lo com Missas de Acção de Graças em todos os seus Conventos de Portugal e em Timor.

Muitos viram A Lista de Schindler, de Steven Spielberg (1993) sobre a acção de Óskar Schindler, que durante a II Guerra Mundial libertou uns 1.200 judeus dos campos de concentração contratando-os para trabalhar na sua fábrica. No subtítulo do filme, lê-se: «Quem salva uma vida, é como se salvasse o mundo inteiro.»

Muitos ouviram falar do diplomata português Aristides de Sousa Mendes, um “Justo entre as Nações”, que, sendo Cônsul Geral de Portugal em Bordéus (1940), desobedeceu às instruções do Governo de Salazar e passou vistos e salvou dos mesmos campos nazis mais de 30.000 pessoas, entre as quais uns dez mil judeus. Era sua convicção: «Se estou a desobedecer a ordens, prefiro estar com Deus e contra os homens, do que estar com os homens e contra Deus.» A desobediência valeu-lhe o repúdio oficial e a morte na miséria, indo a sepultar com o hábito de Irmão Terceiro Franciscano emprestado.

Menos conhecido será o frei Pierre-Marie Benoît, franciscano capuchinho francês, um dos primeiros a receber o título de “Justo entre as Nações” pelo Instituto Nacional para a Recordação dos Mártires e Heróis do Holocausto (1933-1945), homenageado pelo “Yad Vashem” no dia 1 de Dezembro de 1966, faz agora 40 anos.
Foi chamado “o Pai dos Judeus”»
(...)

Notícia: Agência Ecclesia

Links no Beijós XXI:

13OUT2005
25OUT2005
04DEC2005
10FEV2006
22MAR2006
02ABR2006
02ABR2006
28MAI2006
30MAI2006
09JUN2006
16JUN2006
22JUL2006
12OUT2006
15OUT2006

2 Beijos:

Micas10 disse...

É sempre importante lembrar os actos de um homem bom.

Micas10 disse...

Ver Amigos de Sousa Mendes

Enviar um comentário