Está a ler o arquivo 2005-2009 do Beijós XXI. A partir de 2010, o blogue passou a ser publicado no endereço http://beijozxxi.blogspot.com

domingo, 4 de dezembro de 2005

Aristides de Sousa Mendes


Aristides de Sousa Mendes

Filho ilustre de Cabanas de Viriato, casou com Angelina de Sousa Mendes de Beijós, tiveram 14 filhos.

Sousa Mendes, como diplomata, ocupou diversas posições, um pouco por todo o mundo. Mas foi como cônsul em Bordéus, durante a 2ª Guerra Mundial, que salvou mais de 30.000 pessoas. Por isso foi considerado persona non grata por Salazar, perdeu a carreira diplomática e impedido de exercer a advocacia morre na miséria.

O Beijós XXI tem dedicado inúmeros esforços para alertar a opinião pública e as diversas entidades para a necessária e urgente recuperação da casa do Passal em Cabanas de Viriato, memória de um homem justo. Legado para as gerações vindoras.
Voltamos a esta questão que não deixaremos esquecer, aproveitando o facto de ter sido divulgado um artigo do ' Viseu Digital' sobre Sousa Mendes, no site da Câmara Múnicipal de Carregal do Sal, Carregal Digital.

Salvem a casa do Passal, memória de um Homem justo.






Fotos 2 e 3 deste grupo retiradas do site da Câmara Municipal de Carregal.

“A acomodação contemplativa é a pior forma de cobardia humana”Jorge Forbes
Psicanalista
Jorge Forbes - Primo de Souza Dantas, Diplomata Brasileiro, que salvou cerca de 500 pessoas do holocausto.

25 Beijos:

Anónimo disse...

Neste País só há dinheiro para o que interessa aos políticos.

Beirão disse...

Acho que esta causa é não só de Cabanas de Viriato como de todo o Concelho.
Aliás não se entende como é que as instituições estatais se demitem da conservação do património histórico recente e da memória colectiva de uma Nação.

charlie disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
charlie disse...

Obrigado António pelo teu contributo!! Bem hajas!

Caro Anônimo e Beirão:
Chegou a altura de mudarem as formas verbais que utilizaram nos vossos comentários. Isto porque, conforme o que está noticiado no Viseudigital, o Museu Virtual vai surgir de uma parceria de várias entidades públicas: MC, IPJ e Programa Operacional para a Sociedade do Conhecimento.

Portanto não me levem a mal, mas chegou a altura de estimular e não criticar!!

Um abraço,
Charlie

António disse...

Beirão
obrigado por participares.
Bem vindo ao Beijós XXI.
Manda Beijós a toda a Gente.

António disse...

Obrigado Charlie.

Beirão disse...

Tens razão Charlie.
Parece que a Câmara de Carregal do Sal tem feito bastante. Honra lhe seja feita.
Ochalá que em breve possamos ver recuperado este património e a memória de um heroi nacional.
O certo é que já passaram 50 anos da morte do Dr. Aristides de Sousa Mendes.
Parabens a todos quantos não deixam esquecer esta causa.

fofinha disse...

É uma pena a casa estar assim.

Anónimo disse...

Mas alguém me explica como se postam fotos aqui. tenho algumas fotos bem antigas....

Nuno disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
António disse...

anonymous
Podes enviar uma foto de cada vez para:
antoniopovinho@hotmail.com
Obrigado

António disse...

Anónimo
Como compreende a colocação de post's nos blogues não pode ser de acesso livre a todo o mundo. O risco de um blogue se tornar em tudo menos naquilo a se proposeram os criadores é óbvio.
O Beijós XXI tem como objectivos mais ou menos sérios,a divulgação de uma região de um Concelho, a partir duma bela aldeia que é Beijós.
Com o respeito que todas as outras terras nos merecem, partimos do pressuposto de que não há terra como a nossa.
Assim, sempre que um comentador é referenciado como assiduo e demonstre ter post's que o facto de passar a ser 'contributor' seja uma mais valia para o Beijós XXI, será convidado pelo Administrador do Blogue, após envio do seu email para:
antoniopovinho@hotmail.com
Obrigado

hawk 76 disse...

António, assim que possivel enviarei para o teu e-mail uma peça que saiu no DN acerca da classificação da "Casa do Passal", para, ao teu critério, ser eventualmente publicado aqui no Beijós XXI.

Fernando_Vilarinho disse...

bem haja a sua evocação de ASM e o seu alerta.

a propósito do last comentário que colocou no meu blogue, escrevi algo similar aqui :
http://uminuto.blogspot.com/2005/11/propsito-ii.html

boa semana

Condor disse...

Bem eu não sou de Beijós, nem do Concelho de Carregal do Sal, mas tenho a honra de ser mais um Beirão que nasceu no Distrito de Viseu, não quero ´comentar os comentários, mas deixem me dizer duas coisas, artigos e fotos no blog, acho muito bem que o administrador, tenha o cuidado de o deixar transformar-se num cantinho dre fotografos ou num qualquer clube de poetas.
Quanto à questão de não deixar morrer esse +atrimonio que por ai existe, concordo com a critica e com as formas verbais, não é só na vosso Concelho, nem tão pouco no Distrito, neste País só se faz o que é politicamente locrativo....

Um abraço.

condor disse...

Perdão

"lucrativo"

António disse...

Fernando
Já li o teu post, assim que tenha um tempo vou passar para comentar.
Boa Semana

António disse...

Condor
Obrigado pelo contributo.
O Beijós XXI será o que os conterrâneos e amigos quizerem.
Um Abraço.

xikita disse...

ola pessoal

António disse...

xikita
bem vinda ao Beijós XXI.
Manda Beijós a toda a Gente.

linda disse...

pois é amigos a culpa, pelo imovél estar assim não é da CM de Carregal do Sal, mas sim, de todos os JUDEUS que foram salvos por este SR. pois se cada familia judeica contribui-se com alguns tostões a casa não estava assim. POis estamos a falar de 30 mil judeus.
este patrimonio é Mundial
E como se sabe a Fundação Aristides de Sousa Mendes. não tem dinheiro para esta reconstrução.
bjs

charlie disse...

Linda,

pelo que julgo saber, a fundação ASM tem dinheiro para a reconstrução. Esse dinheiro foi dado pelo estado e cifrou-se nos 65 mil contos (moeda antiga). Quanto à contribuição dos judeus, não tenho números, mas tenho conhecimento de acções e do apoio que vieram a demonstrar à família do cônsul aqui nos USA.

Bem hajas.
charlie

Micas10 disse...

A Fundação ASM recebeu fundos do Estado que utilizou para comprar a Casa do Passal já há alguns anos. Agora precisa de angariar muito mais dinheiro para as obras de recuperação e para criar o museu, que são 2 coisas distintas.
A Fundação não tem dinheiro, está ainda a preparar o projecto de com a ajuda da DG Monumentos Nacionais para apresentar a candidatura a potenciais mecenas.

vitor hugo veloso mamede da silva disse...

Pessoalmente,tenho uma ideia magnífica que poderá de cert aforma reconstruir este imponente edifício.Como técnico de Hotelaria,no términus do meu percurso estudantil,neste momento,estou a realizar um projecto relacionado com Turismo\Hotelaria.Em suma este projecto resigna-se à rehabilitação deste edifício,utilizando-o como hotel,4 estrelas,incluindo no imóvel 1 restaurante,um bar.
Tendo em conta as dimensões desta propriedade,pretenderia anexar uma outra construção onde se situaria uma piscina interior aquecida,um spa,e uma sauna.Contudo,parecendo que não esta será a melhor maneira de desnvolver economicamente, turistica e culturalmente esta zona do concelho Carregalense,pois tenho pessoalmente em conta,como Carregalense,que a nossa região Dão Lafões,é uma das mais ricas em património turístico muito diversificado,por isso vamos por mesmo «Mãos à Obra», como diria um de vós.
Assim que lerem este Prefácio do meu pré-projecto agradecia opiniões e contactos para formular as questôes que me restam sobre a matéria de Turismo.
e como quase todos sabeis quem sou,por favor ajudem-me e ajudem-se.

António disse...

Vitor Hugo Veloso Mamede da Silva,
Bem-vindo ao Beijós XXI.
Manda Beijós a toda a Gente.

Enviar um comentário