Está a ler o arquivo 2005-2009 do Beijós XXI. A partir de 2010, o blogue passou a ser publicado no endereço http://beijozxxi.blogspot.com

segunda-feira, 2 de junho de 2008

O calor da nossa Terra

Na semana passada, foi apresentado à comunicação social um projecto da Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade de Coimbra, em parceria com a empresa Geovita para introduzir em Portugal a produção de energia eléctrica através do aproveitamento do calor da terra.
Segundo o Público de 28-05, «Estudos realizados pela FCTUC identificaram uma área com cerca de 500 quilómetros quadrados, situada na zona de Santa Comba Dão, Nelas e Carregal do Sal, com elevado potencial para a produção de energia geotérmica.»
«(...) "A quantidade de calor que está neste segmento poderá ser suficiente para assegurar o consumo de energia eléctrica do país durante vários milhares de anos", afirmou Marques Dias, docente da FCTUC.»

O sistema é aparentemente simples:
«O aproveitamento da energia geotérmica será feito através da injecção de água em furos na terra com cerca de cinco quilómetros. A esta profundidade, a água injectada será aquecida em rochas com temperaturas superiores a 200 graus, sendo depois conduzida novamente à superfície através de um circuito hidráulico. O sistema de produção culmina numa central termo-eléctrica onde a energia geotérmica é transformada em energia eléctrica. »

6 Beijos:

Tadeu disse...

Vai ser mais valioso do que poços de petróleo.

Calcula-se que a nossa região rivalize com o Dubai daqui a trinta ou quarenta anos.

jcpbatista disse...

Beijokense

Onde está a fonte desta noticia?

beijokense disse...

Público de 28-05, edição em papel (online apenas para pagantes).

Mais info em:
http://www.uc.pt/fctuc/noticias/20080528n1

Micas10 disse...

Um engenheiro de geotermia que visitou Sangemil disse que as águas termais poderiam servir para aquecer as casas no inverno.

jbatista disse...

Mais directamente:

http://www.dct.uc.pt/Geotermia/GEOTERMIA_DCT_FCTUC_SF.pdf

roger.a disse...

Antes disso ainda teremos os 'Velhos do Restelo' a alarmar as Almas com os malefícios ou perigos do Radão.

http://www.naturlink.pt/canais/Artigo.asp?iArtigo=4861&iLingua=1

Enviar um comentário