Está a ler o arquivo 2005-2009 do Beijós XXI. A partir de 2010, o blogue passou a ser publicado no endereço http://beijozxxi.blogspot.com

terça-feira, 8 de janeiro de 2008

Cantar as Janeiras 2008


Este grupo de amigos juntou-se no passado Domingo dia 6 de Janeiro e foram cantar as Janeiras.

As pessoas ficaram deliciadas a ver cantar este grupo.

13 Beijos:

Beirão disse...

Estão todos de parabéns por manterem esta bela tradição.

Micas10 disse...

Muito bem!
Mas onde é que estão os versos e as vozes, no YouTube ?

Fofokeira disse...

Aquele senhor da Capa Castanha deve ser o decano lá do sítio. Já o ano passado se lançou nesta.
Parabéns!:)

bunny disse...

por acaso é dauqleas tradiçoes k da gosto ver um pouco por todo pais, e tb no nosso Beijós...
este ano falhei...as dores de garaganta nao me permitiram!!!!

VIVEIROS-BATISTA disse...

parabéns a todos aqueles qwue mantêm vivas as tradições

roger.a disse...

Parabéns aos promotores da iniciativa e aos cantores.

Toca a afinar. P"rá próxima será ainda melhor.

Fatima disse...

Parabens a todos!!E bom ver um grupo de todas as idades a zelar para que nao se acabe a tradicao.
Estao todos muito bonitos...

FOFOKEIRA disse...

As coisas inesperadas são as melhores, mas isto de tradições requerem alguma preparação. Para isso terá que haver muita carolice das pessoas que costumam enquadrar os grupos.
Houve muita gente que tinha intenção de se juntar ao grupo, no primeiro dia do ano, mas ninguém soube de ninguém. Nem o Sr. Pe Júlio se viu. Afinal não consta terem pedido as janeiras no ano Novo.
As coisas são pouco organizadas em Beijós, por isso é que há desperdício de energias e de valores, que correm o perigo de se perderem definitivamente, o que é uma pena.:(

Willoughby disse...

O Zacarias Fernandes deve ser o maestro daquele grupo. Será ele a pessoa indicada para dar as suas instruções. Vamos lá organizar isto e outras coisas com maior antecedência.
Também já vai sendo tempo de renovar os versos das Janeiras, com novas versões e novas músicas.:)))

Micas10 disse...

Cantar as janeirinhas na tarde do Dia de Ano Bom é uma linda intenção mas é dificil de cumprir depois da habitual noitada da Passagem do Ano.
Já no Dia dos Reis o pessoal está mais fresco, as vozes mais cristalinas...
Boas Festas a todos

Willoughby disse...

"(...)
Após ter sido dado o sinal de presença, cantava-se uma primeira quadra, dedicada à família em geral, e os primeiros elogios começavam a fazer-se ouvir.


Ainda agora aqui cheguei
Já pus o pé na escada
Logo o meu coração disse
Que aqui mora gente honrada.

Nós não vimos pelas Janeiras
Nós Janeiras cá trazemos
Vimos pelas obrigações
Que a esta casa devemos.

E passava-se a saudações individualizadas, respeitando-se a hierarquia da família, pelo que em sociedade patriarcal, o lugar de honra era para o pai.


De quem é aquele chapéu
Que além está dependurado
É do dono desta casa
Que é bonito como um cravo.


Viva lá senhor....
Usa o seu chapéu direito
Quando vai pela rua fora
Todos lhe guardam respeito. De quem é aquela espingarda
Que além está no corredor
É do senhor....
Que é um belo caçador.

A saudação seguinte pertencia à dona da casa, elogiando-se-lhe a beleza ou até a bondade.


Viva lá minha senhora
Raminho de salsa crua
Quando chega à janela
Põe-se o sol e nasce a lua.

Viva lá senhora...........
Raminho de palma branca
Ainda anda neste mundo
Já no céu é uma santa.


Viva lá senhora ...........
Muito lhe diz o seu véu
Quando vai igreja acima
Parece um anjo do céu.

Viva lá minha senhora
Linda boquinha de riso
Linda maçã camoesa
Criada no paraíso
**********
Sucediam-se, depois, as dedicatórias aos filhos e filhas, e a outras pessoas, com indicação, se possível, dos nomes, como por exemplo:
***************
De quem é aquele anel d'oiro
Com pedrinhas ao redol
É do menino.......
Que é bonito como o sol.

Viva lá menina...........
Suas faces são romãs
Seus olhos são mais galantes
Do que a estrela da manhã.

De quem é aquele anel d'oiro
Com letrinhas de amor está quedo
É do menino desta casa
Que lhe caíu do seu dedo.
....................
Era então chegada a hora de se fazer uma alusão directa à tão esperada compensação. E o alvo, uma vez mais, era a dona da casa, detentora da chave da despensa.
................

Levante-se minha senhora
Desse banco de cortiça
Venha-nos dar as janeiras
Ou morcela ou chouriça.

Levante-se lá senhora
Desse banquinho de prata
Venha-nos dar as janeiras
Que está um frio que mata.

Ó que estrela tão brilhante
Que nos vem alumiar
É a senhora desta casa
Que nos vem a convidar.
.....................
E, ao ouvirem passos, cantavam sem mais demora:

Alegrai-vos companheiros
Que eu já sinto gente a andar
É a senhora desta casa
Que nos vem a convidar.
.................
Como a dona da casa correspondesse, agradeciam, desde logo, a cantar.

Ó que estrela tão brilhante
Que vem dos lados do norte
À família desta casa
Ó Deus lhe dê uma boa sorte.
..................
Caso tal não acontecesse, seguiam-se os apupos.

Trinca martelo
Torna a trincar
Barbas de chibo
Não tem que nos dar.
................
No fim da caminhada distribuir-se-ia entre todos o que se fora recebendo, normalmente, castanhas, nozes, maçãs e, para os rapazes mais graúdos, caso a sorte os favorecesse, chouriça, morcela ou dinheiro. Ou poderia optar-se por ir guardando o que se ia recebendo em cada uma das noites, fazendo-se festa rija no final da época.

Testemunhos: Fernanda Piedade Craveiro, 72 anos
Rosa de Jesus, 82 anos
Recolha musical: Prof. Manuela Ribeiro (Escola E.B. 2/3 do Tortosendo)
Bibliografia: Enciclopédia Luso-Brasileira de Cultura – Verbo

*LAT – Liga dos Amigos do Tortosendo
Adélia Mineiro
in Boletim da LAT (nº 8 - 4º trimestre 1993)"

Fofokeira disse...

Peço desculpa, por usar este espaço, mas queria deixar a mensagem de que foi alterado o endereço de "DO ORIENTE A BEIJÓS" para:
http://www.doorienteabeijos.blogspot.com/
Bem-haja. :)

FOFOKEIRA disse...

Aquele Senhor a quem a lua já vai brilhando tem que arranjar um chapéu igual ao daquele jovem que está ao lado, com abas largas não só tapa a cabeça, como também tapa as orelhas e não permite que o orvalho pouse.:)))

Enviar um comentário