Está a ler o arquivo 2005-2009 do Beijós XXI. A partir de 2010, o blogue passou a ser publicado no endereço http://beijozxxi.blogspot.com

sexta-feira, 13 de julho de 2007

"Guarda: Biblioteca vai acolher centro sobre Sousa Mendes"

O Diário Digital noticiou:

"No âmbito do projecto «Memorial da Vida Aristides Sousa Mendes», que envolve a Câmara Municipal da Guarda e a Região de Turismo da Serra da Estrela (RTSE), o edifício será convertido num local que permitirá «homenagear e estudar o trabalho do cônsul», que durante a II Guerra Mundial, salvou 30 mil pessoas do holocausto nazi.

Segundo Jorge Patrão, presidente da RTSE, o espaço funcionará como «centro de documentação, de filmes e de fotografias», permitindo o estudo da vida do cônsul e o apuramento dos dados relacionados com a identidade das pessoas que ele salvou.

O mesmo projecto contempla a instalação, na cidade da Guarda e na fronteira de Vilar Formoso, de monumentos com os nomes dos refugiados - 12 mil judeus e 18 mil não judeus que foram salvos do holocausto nazi pelo cônsul de Portugal em Bordéus (França).

Em relação à fronteira, foi ainda referido na cerimónia de lançamento do projecto, que a CP e a Câmara Municipal de Almeida, irão decidir a melhor forma de criar naquela vila fronteiriça um espaço que permita evocar «a chegada dos refugiados» a Portugal, a bordo do comboio Sud Express.

(...)

Na cerimónia, o presidente da Câmara Municipal da Guarda, Joaquim Valente, referiu que o Memorial dedicado a Aristides de Sousa Mendes irá ficar sedeado no Solar Teles de Vasconcelos, que em breve ficará vago, com a mudança dos serviços da Biblioteca Municipal para um novo imóvel.

(...)

O Embaixador de Israel em Portugal, Aaron Ram, também presente na apresentação de hoje, disse que em Israel Aristides de Sousa Mendes «é considerado um herói, um homem que se comportou como um ser humano numa época em que muito poucos o fizeram».

Salientou que «ocupa um lugar de honra no Museu Memorial de Yad Valshem, em Jerusalém», e valorizou o Memorial que será edificado na Guarda «ao homem que foi tão importante para o povo judeu e para a nação portuguesa».

(...)

Recordou que a Fundação a que preside foi criada em 2000 e que neste momento tem a «preocupação grande» de recuperar a casa do seu avô, em Cabanas de Viriato.

(...)

O diplomata português Aristides de Sousa Mendes, nascido em Julho de 1885, em Cabanas de Viriato, foi o cidadão do mundo que mais seres humanos salvou durante a II Guerra Mundial.
(...)"


Lei toda a notícia em: Diário Digital


***


Aristides de Sousa Mendes

Casa do Passal

5 Beijos:

Professorinha disse...

É bom ver os nossos homenageados! Basta de dizer que o que é estrangeiro é melhor!!

Tadeu disse...

Pena que o nosso Concelho e Distrito não aproveitem o facto de Aristides de Sousa Mendes ser natural da nossa zona.

O facto de uma personalidade como a de Sousa Mendes ter nascido no Distrito de Viseu podia e devia ser aproveitado para lembrando o seu nome, criar um roteiro turístico.

Mas, não, nada, nem no Distrito, nem no Concelho, ninguém quer saber. As autoridades locais não têm tempo para homenagear os que seus, mesmo que isso pudesse atrair turismo, criando riqueza para quem aqui vive.

Ainda bem que há outros Distritos e outros concelhos que aproveitam este alheamento incompreensível.

willoughby disse...

Os movimentos vão dando os seus passos e as suas tarefas também vão produzindo os seus frutos.

Muito embora seja a cidade da Guarda a promover esta iniciativa, vai preservar os valores de humanismo que Aristides de Sousa Mendes revelou e, consequentemente, é mais um impulso, para que a Fundação também avance com as obras na casa do passal, em Cabanas de Viriato

Micas10 disse...

Um bom exemplo do dinamismo da Região de Turismo da Serra da Estrela

Micas10 disse...

Ver Sousa Mendes no YouTube
http://www.youtube.com/watch?v=kcDwst8ANro&mode=related&search=

Enviar um comentário