Está a ler o arquivo 2005-2009 do Beijós XXI. A partir de 2010, o blogue passou a ser publicado no endereço http://beijozxxi.blogspot.com

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Festas de Verão Beijós Sábado 2009

No dia 22 de Agosto, esteve em Beijós um artista muito conhecido.
António Albernaz realizou um espectáculo fabuloso, nesse dia o recinto das Festas esteve praticamente repleto.

Obrigada ao senhor Vitor Valente por nos ter proporcionado este espectáculo, segundo as informações que recolhi foi o Senhor Vitor que pagou esta actuação do Antonio Albernaz.



Nesta noite esteve também presente o Grupo Festa Brava.
Foi uma noite muito animada e muito bonita.

Fotos do dia 22 de Agosto:

25 Beijos:

Susana disse...

Olá!

O mês de Setembro é época das Vindimas,em que todo o processo de produção da uva envolve toda uma tradição que se repete anualmente.

Venho por este meio fazer um convite :

De 10 a 30 de Setembro irá decorrer uma blogagem colectiva sobre vindimas e vinhos. Convido-o a participar enviando um pequeno texto (com a respectiva identificação do autor e endereço do blogue), com máximo 25 linhas e uma fotografia até dia 8 de Setembro para : aminhaldeia@sapo.pt

Para saber mais, sobre o funcionamento da mesma, queira por favor fazer uma visita ao blogue da Aldeia da minha vida.

Ficarei a aguardar por si para uma boa lição daquilo que foi e continua a ser a magia das vindimas e dos vinhos aí produzidos.

Abraço
Susana Falhas

Anónimo disse...

"só amei uma mulher na minha vida, a minha mãe! As mulheres são todas iguais, não prestão para nada, só querem dinheiro e homem!"

Estes comentários foram proferidos por António Albernaz durante a sua actuação no recinto das festas de Beijós e não é que o povo bateu palmas!!!!

Anónimo disse...

os homens tb só querem dinheiro e mulheres, não é normal?! As mulheres deviam querer o quê? pobreza e mulheres? iol!!

Anónimo disse...

Tb ouvi esse comentário e achei q para alguém q vem cantar a troco de dinheiro e acompanhado de duas mulheres (q animam fisicamente as canções,pq só ele...enfim!), mais valia estar calado! Andar acompanhado de duas pessoas q não prestam ou é por estupidez ou insanidade mental! Há figuras publicas q realmente mais valia fazerem apenas o q sabem fazer: neste caso cantar...e deixar os comentarios para outros entendidos no assunto. E quem acha q as mulheres n prestam, na sua totalidade, como ele disse...o melhor é virar para o outro lado...talvez fique mais bem servido!

Anónimo disse...

Slide com fotos do jantar do PS?

Anónimo disse...

campanha eleitoral !?

amante das Festas disse...

Chamam-lhe “bandas”. Mas de música têm pouco.
Insistem em cantigas ditas “populares”, no essencial pré-gravadas, algumas de evidente mau gosto e quase sempre no ritmo de “marcha”. Não ouvi tudo, mas do que ouvi não havia ritmos como o passodoble, a valsa, o tango, para não falar nesses ritmos agora mais “modernos” como a salsa, o kizomba, o fox-trote, o samba ou o chá.-chá-chá. De todos estes ritmos, nada.
Fica a dúvida se estas ditas “bandas” seriam capazes de os “tocar”, mesmo que fosse em “play-back”.
A verdade é que a assistência parece que esperava mais e melhor. Da assistência, eram poucos os que se “aventuravam” a dançar aquelas “marchinhas” monocórdicas que eles (os “managers” dessas bandas) supõem que é que o povo gosta. Mas a maioria dos presentes pareceu-me que gostava de ver alguma arte, de passar ali umas horas a ouvir boa música. Esperavam que fosse a música, a qualidade da música e de ritmos apelativos a “puxar-lhe o pé para a dança”.

Daí a sensação de que estas “bandas de supermercado” com música “pré-embalada” não sejam suficientemente criativas para despertar o entusiasmo das pessoas ao divertimento, à dança. Não serão as pessoas, em particular os jovens, que estão mais surumbáticos. Talvez a qualidade da música que estas bandas oferecem não seja suficientemente motivante para a rapaziada actual se dar ao trabalho de cruzar o “salão de baile” e fazer a clássica pergunta, quase meia declaração de amor: “a menina dança”?

Nota: Esta crítica não pretende desfazer, em nada , o trabalho dos bravos da nossa Associação, que deram muitas horas e dias de trabalho voluntário para que a tradição das Festas se mantenha. Estas “bandas” de hoje é que deixam muito a desejar. "Vendem" uma espécie de gato por lebre.

Anónimo disse...

fotos de bandas e de bandos

Anónimo disse...

Naahhh, aquilo são reuniões familiares.

Anónimo disse...

Por os comentarios a Antonio Albernaz/Alvernaz parece ser um deportado Acoriano mais precisamente Faialense e fez-se musico `a pressa.

roger.a disse...

As festas são um tradição a manter com o apoio de alguns e o esforço de poucos, o que devemos respeitar e agradecer.
No entanto parece-me que esse esforço poderia ser melhor recompensado com uma qualidade mínima dos grupos musicais, se isso lhes podemos chamar.
Quanto aos comentários, etc., do Sr.Albernaz quase mereciam um pedido de desculpas, a quem não conseguim tapar os ouvidos...um exemplo a não repetir. Talvez não fosse verdade...

mal agradecido disse...

realmente só nesta terra, quando deviamos todos estar orgulhosos da vinda de 1 artista pela 1ª vez a BEIJÓS, e agradecidos a quem tornou isso possivel, não, o que fazem são comentários pobres, á imitação da vidinha desta terra...

Artista que já foi a Beijós disse...

1ª vez!?!?!
Artista?!?!

Artista é alguem que faz arte.

António disse...

Susana,
Bem-vinda ao Beijós XXI,
Mande Beijós a toda a Gente.

António disse...

Amante das Festas
Bem-vinda ao Beijós XXI,
Manda Beijós a toda a Gente.

António disse...

Mal Agradecido,
Bem-vindo ao Beijós XXI,
Manda Beijós a toda a Gente.

António disse...

Artista que já foi a Beijós,
Bem-vindo ao Beijós XXI,
Manda Beijós a toda a Gente.

Anónimo disse...

Muitas das pessoas que só sabem criticar o trabalho realizado nunca fizeram nada por esta terra nem se quer contribuiram nada para a realização desta festa nem em esforço fisico nem monetário.para a realização de umas festas é necessário muitas horas perdidas e muitas noites mal dormidas.
Quando se está a ver por fora é muito fácil criticar o trabalho desenvolvido pelos outros.

Anónimo disse...

eu adorei a festa e a actuação do artista António Albernaz.

se não fosse o senhor Vitor jamais viria a beijós um artista.
quem não gostou paciencia, tem que colocar ao lado do prato.
TEMOS PENA....

Taxa

Anónimo disse...

Taxa, não tenha pena do dinheiro gasto pelo sr Victor. Ele só está a compensar a aldeia das palermices e barulheira que fazia com a mota quando era novo!

hawk76 disse...

Uma coisa é esforço, empenho e dedicação dos que contribuiram fisicamente, com horas perdidas, etc.

Outra é a contribuição monetária para a realização da festa, que certamente cada um fez de acordo com as suas possibilidades.

Outra é chamar "artista" áquele fulano!!
Eu nunca tinha ouvido falar dele, mas aceito que haja quem goste.

Anónimo disse...

realmente ele pode não ser artista.

mas tu saiste cá um artista de 1º classe.

jejejjeje

lol

Anónimo disse...

Ninguem questiona a origem do dinheiro que, segundo a noticia, financiou a performance do suposto artista? Lede atentamente o segundo comentario.

Anónimo disse...

Parabens a todos os que fizeram e colaboraram nestas festas e outras, e que venham muitas mais.

Anónimo disse...

q mania de criticarem fogo :@
fassam voç~es melhor pa'w .|.

Enviar um comentário