Está a ler o arquivo 2005-2009 do Beijós XXI. A partir de 2010, o blogue passou a ser publicado no endereço http://beijozxxi.blogspot.com

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Casa de Angelina


Um grande grupo de familiares de Aristides e Angelina de Sousa Mendes visitaram Beijós a 24-Outubro-1999 para assistir ao descerramento de uma lápide que marca a casa onde nasceu Angelina de Sousa Mendes a 20-Agosto-1888.

O evento foi da iniciativa de Francisco Abílio Abrantes, em coordenação com o seu vizinho californiano João Paulo Abranches de Sousa Mendes (de gabardine cinzenta na foto) , o filho mais novo de Aristides e Angelina.

Os beijosenses responderam ao convite e estiveram presentes em grande número .

Para muitos dos netos e bisnetos de Aristides e Angelina, esta foi a primeira visita a Beijós, a aldeia ancentral da família Sousa Mendes.

5 Beijos:

Micas10 disse...

Tenho boas memórias de conhecer João Paulo Abranches em 1986 na California, quando poucas pessoas conheciam a história de Aristides Sousa Mendes, e do seu Acto de Conciência que salvou milhares de vidas.
O filho mais novo de Aristides e Angelina, João Paulo têve um grande papel na reabilitação do nome seu pai, seguindo os passos dos seus irmãos mais velhos como o Sebastião e a Joana. Ele recolhia assinaturas, escrivia cartas, publicava artigos nos jornais, falava em público.
Em 1999, João Paulo teve oportunidade de trazer irmãos, sobrinhos e e sobrinhos netos a Beijós, a aldeia ancestral dos Sousa Mendes, onde Aristides desposou a sua prima Angelina, há quase 100 anos.

A Abrantes disse...

É sempre uma honra para Beijós saber que está ligada à família Sousa Mendes e, em particular, ter sido, na sua igreja matriz, o local de matrimónio destes dois ilustres cidadãos do mundo.

Em plena guerra (1940) Aristides de Sousa Mendes, apoiado por sua esposa Angelina e seus filhos abriram, corajosamente, o caminho da liberdade e da salvação de uma morte certa a várias dezenas de milhares de foragidos dos algozes nazis.

Por isso, o exemplo de Sousa Mendes será sempre uma luz, cada vez mais brilhante, a iluminar o caminho por onde deve seguir a humanidade.

Estamos, assim, no ano do centenário desse matrimónio, facto importante a registar.

A . Abrantes

Villager disse...

Enquanto uns se destacam por causar morte e miséria, outros destacam-se por salvar vidas e tornar o mundo um pouco melhor para as gerações futuras. Eu penso que nós podemos sentir-nos orgulhosos pelo que temos em comum com Aristides Sousa Mendes.

Anónimo disse...

Ja leram o Diario de Noticias de hoje, vem um artigo que estão a pensar colocar o monumento a Arisitides Sousa Mendes em Telheiras.O neto não concorda com a decisão da Camara Municipal de Lisboa atravez do Seu Presidente, uma vez que na epoca do avo Telheiras não existia eram quintas.E tem toda a razão porque telheiras durante muito tempo so deixou de ter quintas ha cerca de 15 anos no maximo.Eu lembro-me perfeitamente.Como eu ja disse anteriormente
ainda vai morrer primeiro o Fidel Castro e,sem
tirar qualquer valor ao Fidel, vai ter primeiro uma estatua no centro de Lisboa e o nosso Aristides vai continuar sem localização.
Eu vou dar uma ideia:
NO PARQUE EDUARDO VII EXISTE UM MAMARRACHO ( PARECE MUITA COISA) TIRAM ESSA ESTATUA E COLOCAM LA O MEMORIAL.
OUTRO LUGAR, O JARDIM DO CAMPO GRANDE
OUTRO LUGAR NA AVENIDA DA LIBERDADE, NOS JARDINS LATERAIS,etc etc etc
mas não deixem que desterrem o Memorial a Aristides para fora de Lisboa.
ANA PAULA FERNANDES

Anónimo disse...

Foi a sepultar Joao Paulo Abranches de Sousa Mendes.
Filho de Aristides e de Angelina de Sousa Mendes
Houve missa de cOrpo presente na Igreja de Sao Raimundo. em Dublin California, e, sepultado no Cemiterio de Sao Miguel em Livermor. California.
Assitiu grande numero de Familiares e Amigos.
Falou dos actos praticados pelo seu pai, Antonio Lopes de Cabanas de Viriato,mais Conhecido pelo "Soila".
Assistiu tambem a esse acto funebre. Robert Jacobvits.Que descreveu a vida de Aristide De Sousa Mendes. Diz ter conhecido o seu acto hiroico em 1986.
Sendo Ele um dos Historiadores de Aristides,
contou premenurizadamente a sua vida.
Ainda mais, que o governo portugues do presente,
continu-a embarcado na mesma carruagem de Salazar.
Hayward. 11 de Fev. 2009
Francisco Abrantes

Enviar um comentário