Está a ler o arquivo 2005-2009 do Beijós XXI. A partir de 2010, o blogue passou a ser publicado no endereço http://beijozxxi.blogspot.com

domingo, 10 de fevereiro de 2008

... Chegando a Portugal





















Texto enviado por:
Francisco Abílio Abrantes
Califórnia
USA

4 Beijos:

Cadina disse...

-Repetição-

“Pois é, mas ele está a ganhar tão bem” , respondeu a mãe “com um sorriso resignado”.

Pois é, digo eu. Quando é que um mercenário (ou com sentimento de mercenário) disse mal da guerra em que participou?

Era esse o sentimento daqueles que ganhavam dinheiro e poder por fazerem a guerra.

Hoje em dia, enquanto uns fazem a apologia da guerra colonial ou a justificam outros procuram limpar-se do colaboracionismo que deram aos “heróis” generalotes que a fizeram e ao regime, que bem serviram.

É o caso da inefável dama Supico Pinto, fundadora e presidente do Movimento Nacional Feminino de Salazar que aproveita a passadeira vermelha que o jornal Expresso desta semana lhe estendeu, para vir dizer que, em milhares de coisas, não concordava com Salazar.

Esses milhares de divergências só podiam ser, quando os tais generalotes e coroneis apanhavam mais um “turra” , perguntavam ao Salazar, o que lhe fazer. Ele, Salazar, dizia “mata”. A tal dama, Cecília Supico Pinto, dizia “esfola”.

Sim, eu sei, que o papel dela era mais o papel de anjo do regime, que distribuia aerogramas e maços de tabaco “Negritas” ao soldados nos embarques e aos estropiados que jaziam na imundice do Hospital Militar da Estrela e seus anexos. Estes desgraçados tinham que ter alguma recompensa.

Anónimo disse...

Francisco Abilio Abrantes
Eu fui corrido desse Carregal, por uns quantos cascas de pao de milho,
e, ameacado de morte por um camelo de Carregal do Sal.
Foge daqui, quem aos seus inimigo as poupa, nas maos lhe morre.
Fugi de Angola ameacado pela PIDE.
Nunca consegui passaporte em Viseu.
Embora o tenha reqerido e pago a respectiva taxa. Mas!... Um dia cruzei com um Sr. de Beijos em Lisboa. Que decerto sabia do meu probelema. Sai-se com esta!..Abilio
queres um passaporte? Se for possivel!...
Eu agradeco!...
Foi na Rua Antonio Maria Cardoso,
que fui requerer, e trez dias depois fui levantar.
Com esse documento vim a este pais duas vezes como turista,e viagei pela Europa ao servico dos T.I.R.
Hoje sinto-me independente dessa corja de sacanas.
A primeira vez que fui a Portugal.Com este meu passaporte,o sacana que me carimbou, o mesmo no aeroporta da Portela.
Sai-se com esta!...
Vendestes-te.
E teem essa gente num lugar daqueles.
O Cadafy tinha razao e carradas dela. Ao dizer que ainda nao indeminizarao as colonias.
No lugar aonde eu assentei arreiais, na quele pais. Angola. So duma leva a PIDE fez desaparecer quatro
individos.
Era o prato do dia.

Nao consigo os accentoe e as cedilhas. O que desde ja peco desculpa.

beijokense disse...

Convém esclarecer, porque até agora não foi dito, que o texto é um excerto de 40 anos de servidão, de Jorge de Sena.

Anónimo disse...

Jorge De Sena:

Escreveu, no mesmo livro.
40 ANOS DE SERVIDAO

No pais dos sacanas,.A Portugal, e,
ESte texto, UMA VEZ EU. E OUTROS
E um pequeno livro mas muito interessante.
Foi um dos grandes "HOMENS" nas letras, neste pais que nao quis saber, das informacoes vindas desse pais "COMO MUITO BEM ESCREVEU
NESSE LIVRO (NO PAIS DOS SACANAS).
NAO ESQUECENDO O REINO DA ESTUPIDEZ. O Tio SAM estava interessado nas suas qualidades de trabalho, nao nas baboseiras da quadrilha orientada, por esse asno de Santa Comba.
Ai continuam a fechar escolas.
Aqui constroiem-se, nesta cidade de Hayward, tem a Universsidade da California,E, mais quatro, so nao estuda quem nao quer, com nao sei quantos liceus,bem assim nada menos de uma duzia de escolas primarias, publicas e outras privadas. Nao esquecendo as escolas profissionais, soldadores carpinteiros, pedreiros, mecanicos.
enfermeiros, dentistas, contabilistas, trolhas,espcialistas das funerarias, e ate coveiros.Etc...Etc...
Fracisco Abilio Abrantes
California U.S.A.

Enviar um comentário