Está a ler o arquivo 2005-2009 do Beijós XXI. A partir de 2010, o blogue passou a ser publicado no endereço http://beijozxxi.blogspot.com

sábado, 26 de janeiro de 2008

Parabéns Sr. Abílio





Dando seguimento ao post do beijokense, lá fui até ao local onde habitualmente se encontra o Sr. Abílio, para pessoalmente, em em nome do Beijós XXI lhe dar os parabéns pelos 93 anos que hoje comemora.


Fim de tarde de um dia de Janeiro muito solarengo, mas a esta hora com o sol já a desaparecer no horizonte.




Aqui o Sr. Abílio a descansar as pernas, na companhia de sua esposa Srª. Maria, sentados á sombra da tilieira....


E aqui, como 93 anos não se fazem todos os dias, o Beijós XXI entrega uma pequena lembrança ao Aniversariante.

O Sr. Abílio comoveu-se, e a chorar disse que não queria nada, mas depois de lhe explicar o significado da oferta, lá aceitou todo contente, e lá se dirigiu para o banco onde se sentou na companhia da sua Maria.

Espero para o ano neste dia fazer a reportagem dos seus 94 anos.

Parabéns Sr. Abílio.

Posted by Picasa

11 Beijos:

António disse...

Parabéns ao aniversariante Sr. Abílio Coelho de Moura.

Muita saúde para o Sr. Abílio e sua esposa Srª Maria.

beijokense disse...

Boa, Batista :)

smpc83 disse...

Muitos Parabéns ao Sr. Abílio.
E que para o ano cá estejamos a festejar os seus 94 anos...

Linda disse...

muitos parabéns

felicidades

hawk76 disse...

Parabens.
Muitos anos de vida!!!!

jcpbatista disse...

Parabens Sr. Abilio. Fazer 93 anos a caminhar pelo proprio pé não é para todos.:)

VIVEIROS-BATISTA disse...

parabéns...

Willoughby disse...

Muitos Parabéns!

Que conte muitos mais, na companhia de toda a família, e que a saúde lhe não falte.

Com Um Grande Abraço do filho do Messias!:)

Micas10 disse...

O Sr Abílio guarda uma grande parte da nossa memória colectiva.
Em Junho 2007, ele contou aos nossos visitantes os detalhes do trabalho que fez como jovem serrador a preparar madeira para a Casa do Passal.
Parabéns

Fatima disse...

Parabens ao senhor Abilio, muita saude e que os conte por mais alguns anitos...

Isabel Clara disse...

Naquele tempo, não havia yogurtes.
Era a sopa na panela, as batatas e o feijão cultivados por esses ferteis "quelhas" de BEIJÓS.
Parabens sr Abilio, e vá-se guardando para o centenário.

Enviar um comentário