Está a ler o arquivo 2005-2009 do Beijós XXI. A partir de 2010, o blogue passou a ser publicado no endereço http://beijozxxi.blogspot.com

segunda-feira, 9 de julho de 2007

Bodas de Prata Sacerdotais


Faz hoje 21 anos que a nossa Freguesia prestou uma justa homenagem ao saudoso Padre Agostinho da Cunha Neto.




Houve uma Missa seguida de um lanche, e em boa confraternização foram celebradas as Bodas de Prata sacerdotais do nosso Pároco.

11 Beijos:

willoughby disse...

Só quem lidou com ele de perto poderá ajuizar toda a obra por ele deixada.

Foi um bom condutor de Homens e Mulheres da nossa Aldeia.

Deixou muitas e boas lições.

Cumprindo a sua Nobre Missão, sempre fomentou um são convívio entre todos os Beijosenses, com quem se associava nas festas.

É bom lembrá-lo!
Que Deus o tenha no Seus Reino, junto dos Justos, porque ele Bem o mereceu enquanto peregrinou sobre a Terra.

willoughby disse...

Digo:
"...
Que Deus o tenha no Seu Reino, junto dos Justos..."

BATISTA disse...

Um bom Homem o Padre Agostinho.
Por mim, não frequente habitual da Igreja, Ele soube com o tempo separar o trigo do joio, e isso traduziu-se numa enorme amizade!

A sua pessoa marcou muito da minha vida, e quando no dia da sua morte recebi a noticia em Beijós, dada pela sobrinha Rosário, não consegui conter as lágrimas.

hawk76 disse...

Bom homem, mas muita "canada" me deu...
Eu se calhar algumas mereci....

VIVEIROS-BATISTA disse...

Bom Homem , e um grande exemplo a seguir por muitos.
passei bons momentos com ele, na igreja, na catequese e na tele-escola.
também levei muitas canadas e não só, mas não as dou por mal empregues, se calhar hoje fazem falta a muita gente.

Anónimo disse...

o hawk 76 e viveiros-batista, tenho pena das que cairam no chão.......
ainda deviam ter levado mais lol

bunny disse...

guardo apenas algumas imagens..dado k era ainda nova qd ele saiu..mas lembro-me da sus figura rechonchuda, da mão pesada que tinha, do montão de livros que havia no seu escritório, dum carripano que ele conduzia e a barriga nao o deixava chegar ao volante... xD
lembro-me também da noticia da sua morte e que se organizou muita gente para ir ao funeral....
mas recordo mais dele as historias que os outros contam..aulas de musica e canto, a sua rigidez na tele-escola (um projecto de louvar), a familiaridade que existia com os beisosenses..etc....

GNOSIS disse...

"hawk76 disse...

Bom homem, mas muita "canada" me deu...
Eu se calhar algumas mereci....

09-07-2007 21:58"
_________________
"VIVEIROS-BATISTA disse...

Bom Homem , e um grande exemplo a seguir por muitos.
passei bons momentos com ele, na igreja, na catequese e na tele-escola.
também levei muitas canadas e não só, mas não as dou por mal empregues, se calhar hoje fazem falta a muita gente.

09-07-2007 22:22"
______________

Estes comentários é um sinal de que o Padre Agostinho assumia a sua responsabilidade, em preparar as Pessoas para a vida.
Há correcções que, ainda que possam merecer algumas censuras por alguns, não deixam sequelas no corpo, mas marcam-nos pela vida fora.
Durante o nosso percurso, quando atingimos a maturidade de pessoas adultas, olhamos para trás e compreendemos que há pessoas no Mundo, algumas com bastante responsabilidade, designadamente os professores, os padres, etc. já para não falar dos nossos familiares, que tiveram gestos para connosco que nos marcaram para sempre. Quantos dos Pais, na sua humildade, quando tomavam conhecimento de que os filhos foram admoestados na Escola, na Igreja ou até na rua, por vezes por um estranho, se propunham inteirar-se das condutas censuráveis dos filhos, e acabavam por aceitar a reprovação de terceiros. Sinal de que também aceitavam a ajuda na educação dos filhos.
Quantos pais, depois de saberem das condutas negativas dos filhos, acabavam também por os censurar e corrigir no seio da família?
Sim!
Para podermos viver numa sociedade sadia é necessário que os outros, quem nos rodeia, nos aceitem e confiem em nós!
Há histórias de pessoas de Beijós, que cresceram ao meu lado, que hoje me metem dó, mas, noutros tempos, os seus pais não aceitaram a ajuda do Padre Quintão, nem dos Professores.
Quantas vezes os meus Pais, na minha presença, perguntaram aos Professoras sobre o meu comportamento na Escola. Quantas vezes eu lhes ouvi dizer que, com eles estivessem à vontade. Que não olhassem para trás. Que, quando eu me portasse mal que não tivessem problemas em me corrigir! Tudo isso , psicologicamente, funcionou e me ensinou os caminhos do bem e da virtude, para poder estar em sociedade com a cabeça levantada.

Hoje, continuo a agradecer a todos quantos me apoiaram e a todos quantos me censuraram, na Escola, na Igreja (Padre ou Catequistas "Gracinda", "Gabriela", etc..., porque a todos eu devo ter sido enquadrado numa sociedade que respeito e me respeita.

Bem-haja, Padre Agostinho por tudo o que fez por Beijós.
Deus já o terá compensado. Que a sua Alma descanse em Paz.

hawk76 disse...

Ó viveiros-batista, manifestou-se logo um....

Anónimo disse...

Bem visto por uns e mal por outros, soube implementar o espírito FAMILIA em Beijós.
Infelizmente em algumas caiu no esquecimento.
Aprendi muito com ele.
Foi ele que muitas vezes , de manhã cedo, nos levou no seu "carripano" ao Liceu do Carregal porque não havia autocarro.
Deixou saudade .
A ele o meu agradecimento com a certeza de que onde ele estiver, e está com toda a certeza,passo a redondância, em bom lugar.

ISABEL CLARA
DAMAIA

Ché.76 disse...

Todas as canadas que levei (e foram muitas) mereci por isso não levo a mal, mas sobretudo fora da igreja era uma pessoa com quem se podia conversar e tratava todos de igual forma ricos ou pobres crentes ou não crentes, não marginalizava ninguêm, esse é o grande exemplo para os dias de hoje.

Enviar um comentário