Está a ler o arquivo 2005-2009 do Beijós XXI. A partir de 2010, o blogue passou a ser publicado no endereço http://beijozxxi.blogspot.com

terça-feira, 1 de maio de 2007

Agricultor - Horticultor

A criação de Alface.



A semente da alface
é introduzida
no húmus
com uma máquina




Os cubos de húmus com a semente da alface são colocados em estufa com temperatura e humidade controlas.















A alface após desbaste é transplantada
para a estufa onde fará o seu crescimento.






A alface estará pronta a colher aproximadamente 60 dias após a semeadura.












"A alface constitui uma importante fonte de sais minerais, principalmente de cálcio e de vitaminas, especialmente a vitamina A. Juntamente com o tomate, é a hortaliça preferida para as saladas devido ao seu sabor agradável e refrescante e facilidade de preparo.
Originária da Europa e da Ásia, a alface pertence à família Asteracea, como a alcachofra, o almeirão e a chicória ou escarola. É conhecida desde 500 anos antes de Cristo."

"A alface pode ter a folha lisa ou crespa, com ou sem formação de cabeça. Também existem alfaces com folhas roxas ou folhas bem recortadas. A alface tipo americana possui as folhas mais crocantes e forma cabeça."
in: Embrapa Hortaliças


O Sr. António Rato e a D. Isabel Batista
fazem uma agricultura moderna, possuem várias estufas onde têm capacidade de desenvolver uma horticultura praticamente todo o ano.

Este tipo de agricultura permite o controlo da produção satisfazendo a procura sem estar dependente da sazonalidade dos produtos.

10 Beijos:

belo disse...

MUITO TRABALHO.
REALMENTE AS ALFACES SÃO OPTIMAS
FELICIDADES AO SENHOR RATO

FOFOKEIRA disse...

O António Rato será uma das pessoas que mais trabalha em Beijós, na agricultura intensiva. .
Ele não tem Domingos nem Feriados, nem dias de Santos. Dedicou-se de alma e coração à agricultura e, como ele diz, tem orgulho naquilo que faz e naquilo que sabe fazer bem. Mas a vida dele e a da família é todos os dias a mesma coisa.
Mal terá tempo para a família e, seguramente, que também lhe não dará para conviver muito com os amigos.
Tudo isto é o fruto da dedicação a esta missão nobre e profissão honrosa de trabalhar a terra, de onde todas as populações do mundo terão que viver.

Tenho a convicção de que não dormirá as noites todas na cama. O dever obriga-o a andar muito e, por vezes, ligeiro.

Parabéns ao António Rato e à família, pelo trabalho que têm desenvolvido e pela mensagem que, indirectamente, vão fazendo passar sobre a agricultura e sobre Beijós.

António disse...

Belo,
Bem-vindo ao Beijós XXI,
Manda Beijós a toda a Gente.

beijokense disse...

Boa reportagem, António -- acho que até vou conseguir produzir alface ali na varanda :)

Nuno disse...

Excelente reportagem!

hawk76 disse...

Parabens, pela reportagem e ao Sr. Rato.
Haverá em Beijós alguem interessado em fornecer com produtos horticulas, o Jumbo (Viseu)?
Se sim, contactem-me.

Micas10 disse...

Reportagem muito interessante.
Dá gosto ver o trabalho de um profissional.

VIVEIROS-BATISTA disse...

realmente nota 10 para a reportagem e para o trabalho.

roger.a disse...

...História do avesso ??
...Só no Deldoreto é que "Rato" produz tão verdes e tão belas alfaces.

Parabéns ao nosso amigo Rato e família.

smpc83 disse...

Muitos parabéns para este casal!
Fazem um excelente trabalho na agricultura.

Enviar um comentário